Saoirse Ronan Brasil

A cerimônia de entrega dos prêmios Globo de Ouro 2018 acontece hoje, 7 de janeiro, em Los Angeles, dando início à temporada de premiações do cinema e da TV norte-americana. A premiação promovida pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (Hollywood Foreign Press Association) é um dos eventos pops mais esperados do ano nos EUA.

A festa de cerimônia da 75ª edição do Globo de Ouro começa às 21h com o Red carpet no canal E, a partir das 22h (horário de Brasília), será transmitido o Red carpet no Brasil pelo canal fechado TNT, assim como a premiação que tem início ás 23h e contará com comentários da âncora Domingas Person e do crítico de cinema Rubens Ewald Filho.

Também é possível acompanhar a transmissão internacional através da conta oficial do evento no Twitter e Facebook, que irá transmitir o streaming ao vivo da festa e dos bastidores da premiação.

O Saoirse Ronan Brasil estará fazendo cobertura completa do evento nas redes sociais. Acompanhe conosco!

Lady Bird, estrelado por Saoirse, é eleito o melhor filme de 2017 pela Sociedade Nacional de Críticos de Cinema (ou NSFC/National Society of Film Critics Award). Além do prêmio de melhor filme, Lady Bird também venceu nas categorias de Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Atriz Coadjuvante e Saoirse ficou em segundo lugar como Melhor Atriz. A NSFC tem cerca de 60 membros que escrevem para uma variedade de jornais diários e semanais, juntamente com as principais publicações e meios de comunicação, seus prêmios anuais são um dos mais prestigiados prêmios de críticos de cinema nos Estados Unidos.




Saoirse esteve presente no 18º Annual AFI Awards no último dia 5. Lady Bird foi considerado pelo AFI como um dos dez melhores filmes do ano, por isso Saoirse, Greta Gerwig e Laurie Metcalf marcaram presença na premiação para receber seus prêmios. Confira as fotos do evento na nossa galeria:

INICIO > APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES & EVENTS > 2018 > 05.01 – 18TH ANNUAL AFI AWARDS

Saoirse Ronan concedeu uma nova entrevista à W Magazine e VOGUE UK, para as edições especiais de ‘Melhores performances do ano de 2017‘ das revistas. Ela fala sobre “Lady Bird“, ter um crush pela atriz Diane Kruger e muito mais. Confira a entrevista completa abaixo.

Saoirse Ronan passou a melhor parte de sua adolescência em Hollywood, graças por ter roubado a cena – e sendo nomeada ao Oscar – por Atonement de 2007. Mas agora, aos 23 anos de idade, Ronan conseguiu essa chance de realizar alguns dessas tradições do ensino médio que uma vez aludiram a ela, incluindo ter um armário e participar do baile, graças ao seu papel em Lady Bird. O filme, que marca a estréia da diretora Greta Gerwig, tem Ronan como a personagem principal, uma inesquecível heroína adolescente com uma visão particular do mundo – e dela mesma. Não muito diferente da própria atriz, como acontece. “Lady Bird definitivamente leva toda a auto-crença e autoconfiança a um nível completamente novo. Mas definitivamente tive um sentimento muito forte de mim mesma“, disse Ronan. Aqui, a atriz fala sobre o amplo filme, festas de dança com Gerwig e por que ela tem uma conexão especial com ninguém além de Alanis Morissette.

Como você conseguiu o roteiro de Lady Bird?

Foi me enviado o roteiro de Lady Bird cerca de dois anos atrás. Eu estava realmente entusiasmada com isso porque é Greta Gerwig e eu sou uma grande fã de Greta. E eu nunca tinha lido especialmente uma espécie de jovem heroína assim antes; Alguém que se vê como uma heroína feminina. Alguém disse no outro dia que você nunca vê garotas que realmente se amam em filmes, e [Lady Bird] realmente acredita em si mesma. Então Greta e eu fizemos essa reunião pelo Skype, [porque] eu estava na Irlanda e acho que ela estava em Los Angeles. Nós nunca nos conhecemos, mas ficamos tão animadas uma com a outra. Era como se não pudéssemos dizer o suficiente sobre a outra. Então, alguns meses depois, eu estava no Festival de Cinema de Toronto e ela também estava lá. Então, tivemos essa outra reunião animada e lemos todo o script e foi ótimo. Ela interpretou todos os outros papéis e eu interpretei Lady Bird.

Você entrou em uma escola católica como Lady Bird?

Eu tinha ido tecnicamente a uma escola primária católica e fui muito brevemente a uma escola secundária católica na Irlanda. Eu estava dentro e fora do ensino médio. Eu estudei em casa, [então] era mais uma educação incomum. Mas acho que, mesmo que eu estivesse em uma escola secundária na Irlanda, a cultura do ensino médio americana é diferente – toda a ideia de enturmar-se com as pessoas populares e todo esse tipo de coisa. Isso era algo que eu não tinha experimentado antes. A única vez que eu vi coisas assim foi em Saved by the Bell. Por isso, foi um sonho para mim ter como realmente viver isso.

Você já teve um armário?

Eu tinha um armário e fomos ao baile. Eu fui ao baile com minha melhor amiga.

O baile de formatura tem algum outro nome equivalente em irlandês?

Debutante. Mas eu também nunca fui a isso; ninguém me convidou.

Você conseguiu escolher o seu vestido de baile ou era apenas um figurino?

Tinha um pouco de ambos, na verdade. Eles escolheram esses vestidos incríveis que April Napier, a figurinista, havia encontrado em lojas de segunda mão. Há esta cena que Laurie Metcalf e eu temos onde estamos em Thrift Town e estou escolhendo um vestido de baile, e April, essencialmente, foi a uma Thrift Town para encontrar estes vestidos incríveis. Então, tentamos alguns; Era sobre encontrar algo que era legal e também muito bonito. Eu acho que ela é uma dessas meninas que sua fisicalidade de alguma forma é bastante masculina de certa forma. Ela meio que, quando ela caminha, ela marcha e ela tem um propósito, então foi bom usar algo um pouco mais feminino para suavizar isso.

Eu gosto de sua confiança, de “eu vou vencer o mundo”, esse tipo de atitude. Você se relaciona com isso?

Eu acho que Lady Bird definitivamente leva toda a auto-crença e autoconfiança a um nível totalmente novo. Mas eu definitivamente tinha um sentimento muito forte de mim mesma. Eu tinha um forte senso de quem eu era e estava ciente de que, assim, isso mudaria à medida que envelheço e dependendo de com quem eu estava e com o que eu estava trabalhando e do que eu estava fazendo e coisas assim. Eu sempre fui bastante aberto a isso. Com Lady Bird, ela tem esse objetivo, mas ela não sabe qual é o objetivo, ela só sabe como ela vai ser alguém e ela vai dizer alguma coisa. Ela tem algo a dizer, mas ela simplesmente não sabe o que é ainda, você entende? Estamos encontrando ela em um momento em sua vida que é um momento intermediário. Ela está bem no precipício dessa mudança maciça.

Eu sei que Greta teve festas de dança no set. Como eram?

Ah meu Deus, nós choramos nas festas de dança. Nós choramos, nós rimos. Tínhamos festas de dança quando ensaiamos. Lucas [Hedges] e eu fomos ao apartamento dela uma vez e nem me lembro o que interpretamos, mas acabamos de dançar por tanto tempo que ficamos realmente emocionados. Ela tocava muita música no set. Foi ótimo. É bom ter música, porque subconscientemente faz com que as pessoas se movam para o mesmo ritmo. Todo mundo começa a trabalhar um pouco o mesmo ritmo, e todos têm um ritmo que eles seguem no set. É uma ótima maneira de reunir as pessoas.

Você tem uma música que você associe ao filme na sua cabeça?

Quero dizer, Alanis Morrissette era exatamente o que estava sempre na minha cabeça. O primeiro filme que fiz com Amy Heckerling, ela escreveu esse tipo de versão sarcástica e irônica de “Ironic”, que chamava de “Isn’t It Moronic?” Então eu sempre tive uma conexão especial com Alanis Morrissette. Acho que ela é uma dessas garotas que é realmente feminina, mas também muito legal e muito forte. Se Lady Bird fosse olhar para qualquer um ou ouvir alguém, seria alguém como ela.

Qual foi a sua fantasia de Halloween preferida?

Eu não sou uma grande fã do Halloween, pode me julgar, mas, todos os anos, eu me vestia como uma bruxa porque não podia ser irlandesa e me vestir como qualquer outra coisa. Eu sempre tinha um saco de lixo e cortava um buraco nele e o transformava em uma capa. Eu também me vesti como Gilly, que é um personagem de Kristen Wiig do SNL há dois anos. Peguei a peruca no meio do caminho, porque me senti boba, porque não sou a Kristen Wiig.

Qual é a sua lembrança favorita de Ano Novo?

Eu sou terrível para esse tipo de coisa. Bem, eu tenho algumas histórias de Ano Novo muito dramáticas, mas não sei se posso dizer isso na frente da câmera. Eu vou dizer uma. Então, eu estava caminhando pela rua com os meus amigos e o relógio atingiu doze horas e havia apenas uma gaiola deitada no pavimento. E então, pegamos e estávamos bem ao lado do Museu de História Natural, então abrimos a porta e entramos nesta festa maciça no museu e ficamos lá a noite toda… Isso nunca aconteceu.

Qual o melhor conselho que sua mãe lhe deu?

Ah Deus, ela me deu muitos conselhos. Ela sempre me diz para ‘seguir seu instinto e sempre ouvir o que você realmente precisa’. Eu não seria tão sã sem ela, eu realmente não seria. Eu voltei para o apartamento em que fiquei em L.A. outro dia e havia uma loja da Whole Foods e ela havia encomendado toda essa comida da Irlanda.

Quem é a celebridade que você possui um crush atualmente?

Diane Kruger, porque ela é tão desprendida.

Você tem uma performance favorita de Diane Kruger?

Inglourious Basterds. Ela está incrível nesse.

Fonte | Tradução e adaptação – Equipe Saoirse Ronan Brasil

O TimesTalks, organizado pelo The New York Times, promoveu um painel de perguntas e respostas com Saoirse Ronan e Greta Gerwig, para divulgar o filme Lady Bird.O painel durou mais de uma hora e você pode conferi-lo abaixo sem legenda:

Nossa galeria também foi atualizada com fotos e portraits exclusivos do evento:

INICIO > APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES & EVENTS > 2018 > 04.01 – TIMESTALKS

INICIO > ENSAIOS FOTOGRÁFICOS | PHOTOSHOOTS > 2018 > THE NEW YORK TIMES

As revistas VOGUE UK e W Magazine lançaram suas edições especiais que celebram as ‘melhores performances de 2017’  e Saoirse aparece nas duas, sendo acompanhada em uma das capas da W pelo ator Andrew Garfield.

INICIO > ENSAIOS FOTOGRÁFICOS | PHOTOSHOOTS > 2018

“Até ler o roteiro de Lady Bird, nunca encontrei uma heroína feminina que se vê como uma heroína feminina. Nos filmes, raramente você vê jovens que se amam. Lady Bird leva a autoconfiança a um novo nível. Ela sabe que ela vai ser alguém. E ela tem algo a dizer, mesmo que ainda não saiba o que é ainda “.

Saoirse Ronan falando sobre seu primeiro encontro para a Vogue/W Magazine:
“Foi um garoto que eu conheci através da minha melhor amiga, e eu estava bastante desconfortável o tempo todo e nada aconteceu.”

Primeiro emprego? “Atriz.”

Primeiro CD? “Lily Allen – Alright, Still.”

Fonte|Fonte| Tradução e adaptação – Equipe Saoirse Ronan Brasil

Aconteceu ontem em Nova York a entrega do New York Film Critics Circle Awards e Saoirse marcou presença, onde recebeu seu prêmio de Melhor Atriz das mãos da diretora Greta Gerwig. Confira abaixo as fotos da premiação:

INICIO > FOTOS DE PAPARAZZI | CANDIDS > 2018 > 03.01 – CHEGANDO NO NEW YORK FILM CRITICS AWARDS

INICIO > APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES & EVENTS > 2018 > 03.01 – 2017 NEW YORK FILM CRITICS AWARDS | SHOW

INICIO > APARIÇÕES E EVENTOS | APPEARANCES & EVENTS > 2018 > 03.01 – 2017 NEW YORK FILM CRITICS AWARDS | RED CARPET

Saoirse Ronan concedeu uma nova entrevista à revista People, na qual ela fala sobre a razão pela qual não teve medo em nenhum momento de aparecer em “Lady Bird” sem encobrir a acne de sua pele. Confira abaixo.

Embora seja uma estrela de cinema muitas vezes associada com horas na cadeira de maquiagem, Saoirse Ronan não tinha restrições quando a diretora de Lady Bird, Greta Gerwig, sugeriu que ela não mudasse completamente para o papel.

A atriz de 23 anos disse que sua pele só recentemente começou a ficar ruim depois de fazer os eventos de imprensa e tapete vermelho para seu drama nomeado ao Oscar em 2015. Mas quando a opção de ir sem maquiagem foi trazida durante um teste de câmera para Lady Bird, Ronan “não era realmente insegura sobre isso“.

Na verdade, não pensei nisso“, disse à People no jantar de prêmios do New York Film Critics de quarta-feira, onde foi premiada com o Melhor Atriz. “Quando você está interpretando um personagem, pelo menos para mim, isto lhe permite ir a lugares que você realmente não esteve antes em relação ao seu look e do tipo de pessoa que deseja ser, e sua voz e tudo o mais, então há uma liberdade que você obtém quando você está interpretando um personagem para se colocar lá um pouco mais“.

A nomeada duas vezes ao Oscar também está confiante com seu nome – não importa o quão desafiante é pronunciá-lo.

Ela admitiu: “Quando eu era criança, quando eu tinha 6 anos, pensei: ‘Ah, não seria tão bom ser chamada como Hailey ou Sara?’ Mas, à medida que eu envelhecia, eu simplesmente gostava de que ninguém mais tivesse isto.

Agora, a nativa da Irlanda diz que “nunca” mudará.

Apenas uma vez alguém sugeriu que eu deveria, e eu fiquei tipo, ‘Saia da minha vida!’“.

A agora três vezes nomeada ao Globo de Ouro foi nomeada pela primeira vez em 2008 por seu papel em Atonement e, novamente, em 2016 por Brooklyn.

Agora, uma veterana do circuito de prêmios, Ronan está ansiosa para celebrar a noite do Globo de Ouro com seu elenco e Timothé Chalamet, de Call me By Your Name, que também aparece em Lady Bird.

Sempre que aconteceu, tem sido para um filme sobre o qual eu me importasse muito e trabalhei arduamente“, ela disse anteriormente a People. “Se você ganha ou perde, é apenas uma ótima desculpa para comemorar o trabalho duro que você fez, com Greta. E Timothee também foi nomeado, então vai ser muito bom compartilhar com eles!

Fonte | Tradução e adaptação – Equipe Saoirse Ronan Brasil

Saoirse Ronan foi nomeada por seu trabalho em “Lady Bird” ao Golden Globes 2018, e já confirmou presença na premiação que acontecerá neste fim de semana. Agora, a atriz falou em uma nova entrevista a razão pela qual estará vestindo um look totalmente preto na premiação. Confira abaixo.

A estrela de cinema Saoirse Ronan confirmou que estará entre as muitas atrizes que usarão preto no Golden Globes neste fim de semana (07 de janeiro de 2018).

As principais damas de Hollywood optaram por utilizar a cor como parte de um protesto silencioso contra os chefes de cinema e os cineastas que aproveitaram sua posição e poder para assediar e violentar sexualmente suas colegas.

E Ronan, que conquistou a honra de Melhor Atriz nos Prêmios do Festival Internacional de Cinema de Palm Springs em 2018 no início desta semana por seu papel em Lady Bird, revelou que ela escolheu um look totalmente preto para o Golden Globes.

A nomeada conta que os fãs da moda devem esperar ver muito preto no tapete vermelho: “Nós todas estaremos vestidas de preto“, diz ela.

Saoirse admite que ela está mais do que feliz em fazer o que pode para fazer parte do crescente movimento anti-assédio de Hollywood: “É a coisa mais importante“, diz ela, “e nunca me senti tão encorajada, inspirada e apoiada para usar a voz que eu tenho e para todas essas pessoas, homens e mulheres, para poder juntar-se e usar sua influência e abrir a conversa, aumentar a conscientização e apoiar qualquer pessoa que tenha passado, ou qualquer pessoa que tenha questionado sua segurança ou sua posição quando eles estão no set. Eu acho inestimável e primordial que isso aconteça agora“.

A jovem de 23 anos não experimentou o horror que muitas de suas colegas têm nas mãos de diretores e produtores predatórios, e admite que ainda adora a vida em um filme: “Eu amo isso, eu realmente amo. Eu amo o trabalho e amo trabalhar em filmes e com equipes e estar ao redor desse ambiente. Isso significa um lar para mim mais do que qualquer outra coisa“.

Fonte | Tradução e adaptação – Equipe Saoirse Ronan Brasil

Saoirse Ronan e seu co-estrela em “Lady Bird“, Timothée Chalamet, compareceram ao 29º Annual Palm Springs International Film Festival Awards Gala no último dia 2. Quando passaram pelo tapete vermelho da premiação, ambos concederam entrevista à ET e, elogiaram um ao outro. Você pode conferir abaixo.

2017 foi preenchido com performances poderosas e encantadoras, particularmente pelos jovens atores Saoirse Ronan e Timothee Chalamet.

Ronan, que não é estranha ao circuito de premiação depois de estrelar filmes como Brooklyn de 2015 e Atonement de 2007, está ganhando elogios por seu último papel em Lady Bird, enquanto Chalamet, que atua ao lado de Ronan no filme dirigido por Greta Gerwig, foi o assunto de premiação por sua parte em Call Me by Your Name.

Denny Directo da ET falou com as duas estrelas nos 29º Edição Anual do Palm Springs International Film Festival Awards na noite de terça-feira, onde Chalamet foi homenageado com o Rising Star Award e Ronan recebeu o Prêmio Desert Achievement Award.

Estou cheio de uma imensa gratidão“, disse Chalamet por ser reconhecido por sua atuação. “Não há nenhum projeto ou plano para estar em filmes que são bem recebidos. Você apenas tenta trabalhar o mesmo em tudo, então estar em coisas bem recebidas é um bom sentimento, porque estive em coisas que ninguém vê.

Eu vi Saoirse ontem à noite enquanto entramos no hotel juntos. Ela não tinha assistido Call Me by Your Name ainda e depois ela assistiu, então isso foi um sentimento impressionante e eu compartilhei um grande abraço com ela“, ele continuou com a sua Lady Bird co-estrela. “O que é legal é ver os heróis e as pessoas com quem estudei e admiro e agora assistiram coisas em que eu estou, o que é louco. Esse é o sentimento mais estranho“.

Chalamet era igualmente encantador no palco enquanto aceitava seu prêmio adorável dizendo a si mesmo “por favor, não seja estranho“, antes de dar um agradecimento especial à esposa de Armie Hammer, seu co-estrela em Call Me by Your Name, Elizabeth Chambers, “quem me deixou rastejar sobre seu marido por dois meses.” O ator também agradeceu a sua mãe em uma mensagem fofa sobre o deslocamento do controle remoto da Apple TV.

Timmy merece tudo o que ele está recebendo, porque ele é tão maravilhoso em [Call Me by Your Name]“, Ronan, 23, disse a ET no tapete vermelho. “Então, sim, para compartilhar a noite com ele e Luca [Guadagnino], que dirigiu [o filme] e Greta, e todas as outras pessoas adoráveis que conhecemos [é maravilhoso]. O bom é que você termine apenas com as mesmas pessoas ao longo do circuito, então você se conhece e isso tira a concorrência e torna-se mais uma coisa comum.

Honestamente, depois de ter passado por [o circuito dos prêmios] antes, você sabe o que esperar um pouco. É esmagador, é uma montanha-russa, então, se você pode manter sua inteligência sobre você o máximo possível, isso realmente ajuda” ela compartilhou. “É importante para mim agora ter minha mãe comigo, ou meu melhor amigo venha a um evento ou algo assim. É bom ter quem você goste com você“.

Fonte | Tradução e adaptação – Equipe Saoirse Ronan Brasil



Página 3 de 1612345...10...Última »



O Saoirse Ronan Brasil é um site feito por fãs que não é afiliado e/ou mantém contato de alguma forma com a Saoirse, amigos, agentes ou alguém relacionado à seus projetos. Esse site foi feito apenas para postar notícias para pessoas que como nós, admira seu trabalho e seu jeito. O SRBR não tem nenhuma intenção de lucro. Caso pegue alguma tradução ou notícia exclusiva e reproduza em seu site, nos dê os devidos créditos.